Judiciário de Alagoas vai presentear mais de 150 crianças neste Natal

Cartas destinadas ao Papai Noel podem ser ‘adotadas’ pelos servidores na árvore natalina do hall de entrada do TJ/AL
img_5235

Com apresentação artística de estudantes do 1º ano da Escola de Ensino Fundamental Arnon Affonso de Farias Mello, a Escola Superior da Magistratura de Alagoas (Esmal) deu início, nesta sexta-feira (10), à campanha “Neste Natal doe um presente e multiplique sorrisos”. A sexta edição do Natal solidário pretende sensibilizar os servidores do Poder Judiciário a realizarem o sonho de 153 crianças, matriculadas na escola localizada no Jacintinho, que escreveram cartinhas destinadas ao Papai Noel.

As cartas, de crianças com faixa etária entre seis e 11 anos, encontram-se na árvore de Natal do hall de entrada do Tribunal de Justiça de Alagoas e contêm três opções de pedidos. Os servidores devem entregar os presentes até o dia 25 deste mês na sede do TJ/AL ou na própria Esmal.

 A diretora da escola, Alineide Maria, destacou que a iniciativa da Justiça alagoana incentiva ainda mais o trabalho dos educadores que convivem com os estudantes. Ela também falou sobre a dificuldade de proporcionar a magia do Natal para essas crianças.

“Nós sabemos que a nossa comunidade é muito carente. São moradores de grota, de locais de risco em torno do Jacintinho, e muitos deles vêm de famílias desestruturadas. A carência dessas crianças é tão grande que eles já nem acreditam que o Papai Noel existe. Esse será o Natal em que elas vão conhecer o Papai Noel”, disse.

O desembargador Fernando Tourinho de Omena Souza, diretor da Esmal, destacou a importância de o Judiciário se aproximar da sociedade e da colaboração dos servidores para garantir uma grande festa.

“As palavras da professora Alineide nos tocam profundamente quando fala do nosso bem mais precioso, que são as crianças. Infelizmente, nós temos perdido algumas delas para as drogas e a criminalidade. Devemos dedicar mais tempo para as nossas crianças. E qual é a minha criança? A minha criança são todas elas porque eu quero viver em uma Alagoas melhor, um país melhor”, disse o desembargador.

Todo ano, a lista de presentes das crianças surpreende os participantes pelas sugestões que variam entre bolas, bicicletas, computadores e até simples laços de cabelo.

Na oportunidade, o coordenador de Projetos Especiais da Esmal, juiz Hélio Pinheiro Pinto, falou sobre as atividades desenvolvidas ao longo desse ano com crianças da rede pública por meio do Programa Cidadania e Justiça na Escola (PCJE) e destacou a importância da participação dos servidores para o sucesso da campanha.

“Faz parte do nosso programa esse viés social. É fácil perceber que essas crianças de outra forma não teriam a oportunidade de receber um presente de Natal. Nós queremos transformar o servidor do Judiciário no Papai Noel delas. Nós vamos transformar a perspectiva de crianças que não cogitam receber qualquer tipo de presente”, disse o magistrado.

A distribuição dos presentes será no dia 5 de dezembro, às 14h, no auditório da Esmal e contará com a presença do Papai Noel.

Roberta Farias – DICOM TJ/Al

11/12/16

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *