Massa bate, se despede ovacionado do GP do Brasil e diz: Emoção difícil de explicar

Massa bate, se despede ovacionado do GP do Brasil e diz: ‘Emoção difícil de explicar

aakdjzy-img

Não foi o fim de semana de despedida dos sonhos de Felipe Massa.

O piloto da Williams bateu na 48ª volta do GP do Brasil de Fórmula 1, neste domingo, e disse adeus a sua prova em casa sem pontuar.

O vencedor em Interlagos por duas vezes (2006 e 2008) acabou chocando-se com o muro na Curva do Café, onde também haviam sofrido acidente Romain Grosjean e Marcus Ericsson.

Massa fazia uma prova de recuperação após largar em 13º, sua pior posição de largada no Brasil em sua carreira.

Ao descer do carro, o vice-campeão de 2008 recebeu a ovação do público em Interlagos. Ele pegou uma bandeira do Brasil, a estendeu, ganhou aplausos de mecânicos de outras equipes e deixou o GP reconhecido.

“Não esperava. É uma emoção difícil de dizer, explicar. Peço desculpas, gostaria de ter acabado a corrida. Agradeço o carinho da torcida em todo esse tempo. É um momento, do final, uma carreira da qual sou orgulhoso por tudo aquilo que passei, que consegui, acho que a última corrida no Brasil é muito especial. O carinho da torcida ao sair do carro é especial. Tenho orgulho de ser brasileiro e mostrei isso sempre”, falou.

“Agradeço a todos vocês (torcedores) do fundo do meu coração. Peço desculpas pelo resultado, não era aquilo que estava tentando. Só agradeço por todo carinho e emoção da torcida por todo esse tempo que passei. Vocês nunca vão sair do meu coração”.

Questionado sobre os aplausos dos mecânicos da Ferrari e também de outras equipes nos boxes, Felipe brincou: “Mostra que fiz muitas amizades nesse lugar aqui, saio de cabeça erguida, saio com o coração apertado”.

Sua despedida da F-1 acontece no dia 27 de novembro em Abu Dhabi.

msn

13/11/2016

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *